Sindicato de Atletas São Paulo
Jurídico

Um ex-líder apedrejado pela própria torcida.

28, JANEIRO 2021 às 18:01:22

Arte: Soccer Digital

O futebol brasileiro deve mesmo estar chegando à beira da insanidade. Uma equipe que até poucos dias atrás liderava o Campeonato Brasileiro com um futebol que encantava até a imprensa, acabou apedrejado pelo seu próprio torcedor a caminho do estádio pelo simples fato de ter tido uma queda de rendimento nos últimos jogos, o que custou a liderança da competição.
 
Onde vai parar o futebol brasileiro?
 
Aqui no Sindicato de Atletas SP não é a primeira vez que precisamos entrar em ação para defender o elenco do Morumbi.
 
Em 2016, uma invasão ao Centro de Treinamento do clube com direito a agressão ganhou investigação policial e até atuação do Ministério Público.
 
SINDICATO PODE ATUAR. MAS DEPENDE DOS ATLETAS
Mais uma vez, nos colocamos à disposição do elenco para que o fato não passe batido. Não são apenas os torcedores que podem ser responsabilizados, mas também o clube empregador.
 
Mas antes, é necessário que todos, principalmente os jogadores, entendam como funciona uma defesa sindical.
 
RESPONSABILIDADES E MEDIDAS
Quando o clube não assume a responsabilidade e deixa de tomar as medidas necessárias quanto à segurança do trabalho, esclarecemos aos atletas todas as possibilidades de atuação.
 
Ela pode ser coletiva ou individual. Existe até a possibilidade de rescisão indireta pelo fato de nenhum trabalhador ser obrigado a trabalhar em condições desfavoráveis.
 
Desta forma, o Sindicato de Atletas espera mais uma vez resolver esse grave problema e possibilitar aos jogadores do São Paulo FC um ambiente em que possam defender tranquilamente seu sustento familiar.
 
Estamos atentos e à disposição dos jogadores.
 
Rinaldo José Martorelli
Presidente do Sindicato de Atletas Profissionais do Estado de São Paulo
 
#SindicatodeAtletasSP #spfc #segurancadotrabalho #atleta #atletatrabalhador #juridico
 
🚀 Arte: @soccerdigital10



« VOLTAR




Mais sobre Jurídico


Últimas do Sindicato


UGT
EDUCATLETA
SOCCER DIGITAL
IBRADESPOR
DIREITO EC
Expressão Paulista
FutBrindes