Sindicato de Atletas São Paulo

Combate ao assédio e abuso sexual no esporte


Essa ação tem por objetivo construir propostas de prevenção colaborando com o Poder Público através das políticas do esporte do Município de São Paulo que agregam e fortalecem valores da campanha já consolidada e há tempos trabalhada, principalmente, mas não somente, junto às categorias de base dos clubes de futebol.
 
O Sindicato de Atletas SP tem representatividade na Comissão Municipal de Enfrentamento à Violência, Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes (CEMESCA), órgão da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) da cidade de São Paulo. 
 
As representantes do Sindicato de Atletas SP participam ativamente das reuniões e construções dos eixos de intervenções de prevenção e enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes. São elas: a coordenadora de projetos, Anaile Ziccarelli e a orientadora social, Silvana G.S. Trevisan, que também é palestrante no Projeto Expressão Paulista (braço de treinamentos do Centro de Formação Humana do Sindicato de Atletas SP).
 
“Vimos que o esporte recreativo-educacional desperta na criança e no adolescente o interesse dele se tornar um futuro atleta profissional e a preparação que também redunda na campanha “Chega de Abuso” neste período pedagógico esportivo terá um importante papel social na prevenção e enfrentamento ao abuso e exploração sexual", defende Rinaldo Martorelli, presidente do Sindicato de Atletas São Paulo. 
 
"As crianças e adolescentes que buscam o esporte precisam de orientação cada vez mais precoce, pois identificamos que muitos casos de violência sexual acontecem também no esporte recreativo, educacional e na iniciação esportiva” reforçou a orientadora social, Silvana Trevisan. 
 
O objetivo é realizar atividades de prevenção para sensibilizar e conscientizar as crianças e adolescentes para que reconheçam o esporte como instrumento de transformação social e que a violência e exploração sexual são inaceitáveis nos espaços esportivos e em toda a sociedade brasileira.
 
"O respeito ao desenvolvimento humano através do esporte gera conhecimento e confiança, sendo que as atividades de prevenção ajudarão a identificar o abuso sexual como uma violência que precisa ser enfrentada. Os maiores protagonistas destas campanhas, inclusive a “Chega de Abuso”, são as crianças e adolescentes quando lhes são proporcionados oportunidades e esclarecimentos porque lhes dão voz e sua consequente autonomia. Esse é o nosso compromisso social para o desenvolvimento digno da criança e do adolescente que fortalece sua cidadania, valores éticos e sociais através do esporte", concluiu Trevisan. 
 
Mais uma vez, o Sindicato de Atletas SP comprova o pioneirismo com o qual trabalha temas que ninguém se arrisca a abordar, sempre com muita qualidade e extrema responsabilidade.



« VOLTAR


Outros Projetos

EXPRESSÃO PAULISTA

FUTEBOL CONTRA A HEPATITE

COPA INOVAÇÃO

ATLETAS EM AÇÃO

PRÊMIO SAPESP 2015

EDUCATLETA

MEETING BRASIL-INGLATERRA

CADERNO DE CONQUISTAS

70 ANOS

Cartilha


Veja todos os projetos
UGT
EDUCATLETA
SOCCER DIGITAL
IBRADESPOR
DIREITO EC
Expressão Paulista
FutBrindes