NOTÍCIAS

Relacionamento

Sapesp se reúne com representantes dos clubes do futebol feminino paulista

REDAÇÃO SAPESP

O Sindicato de Atletas de São Paulo realizou na última sexta-feira (17 de outubro) um encontro com representantes dos clubes paulistas que disputam as competições femininas. A “convocação” partiu do próprio Sapesp, com a intenção de garantir o respeito aos direitos das atletas envolvidas em competições oficiais. 


O presidente da entidade, Rinaldo Martorelli, abriu a reunião deixando claro que o Sapesp é sabedor que o futebol feminino brasileiro, embora com destaque internacional, carece de organização e investimentos. 
 
“Convocamos essa reunião para externar a preocupação do Sapesp com o futebol feminino em São Paulo. Nosso trabalho não é apenas de fiscalizar, mas também encontrar meios para fomentar o desenvolvimento de torneios, zelar pela competitividade da categoria, relações de trabalho, assim como intermediar conversações com patrocinadores, Federação Paulista de Futebol, Confederação Brasileira de Futebol e outras organizações que estejam interessadas em auxiliar na melhoria do futebol feminino”, falou Martorelli.
 
Sabe-se que as atletas vivem em condição de instabilidade contratual, fato que inibe a captação de recursos e que poderia auxiliar no crescimento do esporte em questão.
 
“O futebol feminino precisa de um plano de ação e o sindicato pode contribuir de forma significativa. É desta forma que desenvolvemos nosso trabalho. Preferimos discutir os problemas, entender as questões divergentes e criar soluções em conjunto”, receitou o presidente.
 
Martorelli esteve acompanhado do advogado do Sapesp, Guilherme Tavares, Mauro Costa, diretor de relacionamento e de Júlio César Bonfim, membro do Conselho Fiscal, preparador de goleiro do Projeto Expressão e que chegou a trabalhar, inclusive, na Seleção Brasileira Feminina em um quadrangular.

Os presentes também se comprometeram a buscar soluções. “Colocamos mais uma vez o sindicato à disposição para tratar com carinho as necessidades do futebol feminino como um todo”, falou Guilherme Tavares.

 
Ficou estabelecido que a partir deste encontro se iniciarão tratativas para que sejam firmados Acordos Coletivos entre o Sapesp e os clubes que é a maneira mais equilibrada de equacionar a relação de trabalho; que o Sapesp vai visitar todos os clubes, assim como já faz com o pessoal do futebol masculino, para que as atletas se sindicalizem e aproveitem dos benefícios oferecidos pelo sindicato. 
 
Estabeleceu-se também que em breve haverá nova reunião para nova rodada de discussões que possam seguir no desenvolvimento do futebol feminino.
 

Compartilhar:

+ NOTÍCIAS

Jurídico

post---assembleia-ata-e-video

Assembleia: ATA e vídeo disponíveis

Institucional

POST---COLUNA-MARTORELLI-RS

Tragédia no Sul e o futebol: paralisação é a solução?

Institucional

POST---ASSEMBLEIA-MAIO-2024-2

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA – 15/05