NOTÍCIAS

NULL

Sindicato equatoriano volta ao quadro da FIFPro após suspensão e troca de presidente

REDAÇÃO SAPESP (COM FIFPRO)

Após dois anos suspensa do quadro da FIFPro (Federação Internacional dos Futebolistas Profissionais) por abusos e práticas fraudulentas de seu último presidente, a Associação de Futebolistas Profissionais do Equador (AFE) voltou a fazer parte da Divisão Américas da entidade mundial. 

O anúncio foi feito pelo brasileiro Rinaldo Martorelli, presidente dos países americanos, durante a Assembléia Geral na Eslovénia, realizada no último mês de outubro.

"A FIFPro confirma a volta do Equador como membro da Divisão América após dois anos de suspensão devido a práticas ilegais e abusos de seu ex-presidente. Depois do afastamento do mesmo, o sindicato tem feito significativos progressos para recuperar seu status como uma união de confiança para jogadores de futebol", esclareceu a FIFPro em nota oficial.

 
Jorge Guzmán assumiu a responsabilidade de comandar os problemas do futebol local. Sorridente, subiu ao palco para receber simbolicamente a bandeira oficial FIFPro das mãos de Rinaldo Martorelli.

Na platéia, o presidente Iván Hurtado testemunhou a cerimônia.

 
O que significa para o seu sindicato para ser um membro da FIFPro de pleno direito?
Guzmán: 'Ele marca um evento importante, pois conseguimos superar os gravíssimos problemas de todos os tipos que a AFE passou, além da suspensão que FIFPro justamente impostas sobre nós. Ele nos fortalece internacionalmente e nacionalmente, e nos dá uma grande quantidade de legitimidade para representar os jogadores de futebol do Equador.
 
Qual foi sua maior conquista até agora?
Nossa maior conquista é o reconhecimento demonstrado pelos nossos jogadores de futebol companheiros como seus representantes autênticos. Para isso é preciso acrescentar a luta interna que têm travado dentro da Federação (FEF), a fim de revigorar a nossa posição em defesa dos direitos que os clubes afirmam não reconhecer .
 
Qual é o problema mais urgente para os jogadores de futebol profissional do seu país?
O problema mais urgente, como é de conhecimento público, é a grande quantidade de dívidas sendo acumuladas pelos clubes e pela dificuldade que ainda existe na cobrança desses montantes devidos, para a Federação flagrantemente proteger os clubes. 
 
Qual é o objetivo mais importante do seu sindicato no momento?
O objetivo mais importante é estabelecer uma convenção coletiva ou algo com resultados semelhantes, que obriga os clubes, os funcionários da Federação Equatoriana de Futebol (FEF) e os futebolistas do sindicato a operar com regras claras.
 
Gostaria de acrescentar quaisquer outros comentários?
A FIFPro, através da divisão Américas, neste caso, deve estabelecer um acordo com a Conmebol para que suas federações, a FEF entre elas, opere com regras claras que impessam o constante atrito que existe entre os clubes e jogadores.

 

Compartilhar:

+ NOTÍCIAS

Jurídico

post---assembleia-ata-e-video

Assembleia: ATA e vídeo disponíveis

Institucional

POST---COLUNA-MARTORELLI-RS

Tragédia no Sul e o futebol: paralisação é a solução?

Institucional

POST---ASSEMBLEIA-MAIO-2024-2

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA – 15/05