NOTÍCIAS

Institucional

Presidente do Sindicato de Atletas SP faz análise do pós-carreira em participação no Fórum da Longevidade

Aconteceu no último fim de semana no Expo Center Norte o Fórum da Longevidade. Presidente do Sindicato de Atletas SP, Rinaldo Martorelli foi convidado pelos organizadores e levou posição que relaciona a longevidade à qualidade de vida do atleta e ex-atleta.

“O atleta não é educado sobre sua qualidade de vida quando em atividade. Muito pelo contrário. A necessidade do resultado nas competições é elemento que torna incompatível essa aliança, porque para ter o melhor resultado o atleta extrapola todos os limites do seu corpo”, explicou o ex-goleiro do Palmeiras.

“Outro fator que atua contra a longevidade com qualidade de vida diz respeito ao esgotamento físico e mental quando o atleta encerra a carreira no esporte. Ele passa a querer fazer exatamente o contrário do que fazia. Geralmente abandona a atividade física e descuida da alimentação, já que viveu em uma condição de muito regramento quando atuava”, continuou Martorelli.

ESPORTE É MESMO SAÚDE?
Além disso, o presidente lembrou que, desde que foi membro do Conselho Nacional do Esporte do Ministério do Esporte, vem tentando debater com as autoridades públicas o jargão “Esporte é Saúde”, pois sua experiência mostra que esporte de alto rendimento deixa sequelas físicas e emocionais que atuam no caminho contrário do que se prega.

“As autoridades públicas deveriam esmiuçar a questão. Os pais quando encaminham os filhos para a atuação profissional no esporte têm que estar cientes das repercussões que isso pode causar na vida de seus filhos”, observou.

ATIVIDADE FÍSICA
Outro questionamento levantado por Martorelli até com membros do Ministério da Saúde, é desmistificar o conceito de atividade física, dita tão necessária para toda a população:

“Na minha experiência percebo que a quase totalidade das pessoas fogem da atividade física porque entendem que é aquela atividade executada nas academias e ficam constrangidas porque não conseguem se equiparar aos considerados “sarados” ou então, entendem que seria uma atividade para os atletas profissionais. Raramente se explica que atividade física pode ser feita em casa caminhando em volta da mesa ou subindo e descendo as escadas”, exemplificou.

O presidente aproveitou o evento para anunciar que o Sindicato de Atletas SP tem em sua pauta uma ação para minimizar a falta de atividades para os ex-atletas, e com isso proporcionar possibilidade de melhor qualidade de vida.

“Agradeço o convite que foi feito através dos doutores Lívio Giosa e Walter Feldman e dividir o painel com a Professora Adriana Silva, campeã sul-americana de natação e que desenvolve excelente trabalho no Clube Hebraica”, agradeceu o presidente.

Compartilhar:

+ NOTÍCIAS

Jurídico

post---assembleia-ata-e-video

Assembleia: ATA e vídeo disponíveis

Institucional

POST---COLUNA-MARTORELLI-RS

Tragédia no Sul e o futebol: paralisação é a solução?

Institucional

POST---ASSEMBLEIA-MAIO-2024-2

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA – 15/05