NOTÍCIAS

Institucional

Sindicato participa de Arbitral da Série A2 e propõe criação de “Regras de Conduta” com a Justiça do Trabalho

Aconteceu nesta quarta-feira (25 de outubro) o Conselho Arbitral do Campeonato Paulista da série A2 de 2024, onde clubes e Federação Paulista de Futebol definem o regulamento da competição.

Como já á de conhecimento da categoria, o Sindicato de Atletas SP é parte integrante do grupo que compõe o Conselho Arbitral e nesta reunião foi representado pelo presidente Rinaldo Martorelli.

Além das diretrizes sobre o regulamento, o principal tema de preocupação foi a manipulação de resultados.

Martorelli reiterou que o Sindicato de Atletas SP está inteiramente à disposição dos clubes para levar aos jogadores as informações necessárias para que seja feita a prevenção.

“O sindicato já ministrou, através de sua Diretoria de Relacionamento, composta por Mauro Costa e Osmir Baptista, mais de quatrocentas palestras desde 2015, cujo conhecimento de normas, métodos e procedimentos é inquestionável no meio futebolístico”, disse.

Ainda sobre a manipulação:

“Procedimentos internos podem ser tomados pelos clubes para a proteção dos jogadores a fim de evitar quaisquer envolvimentos, já que a legislação criminal prevê pena de reclusão e a desportiva prevê o banimento, o fim de carreira no futebol”, alertou.

 

REGRAS DE CONDUTA
O sindicalista sugeriu a elaboração de regimento interno, que seria homologado pelo Sindicato de Atletas SP e Justiça do Trabalho, com regras de conduta a serem observadas obrigatoriamente.

“Fiz essa sugestão porque facilita a vida do jogador e clube quando os trabalhadores e empregador sabem exatamente quais são as atitudes que podem tomar e quais devem evitar para que não incorram nesse crime”, salientou o presidente.

A reunião do Conselho Arbitral também deu oportunidade para que o presidente Martorelli desses detalhes sobre a premiação da Seleção do Campeonato da série A2 de 2024 e reforçar uma posição que há tempos vem defendendo.

“Antes o time ganhava jogo e campeonato. Agora o time é a ponta do ambiente, ambiente esse que deve ser organizado em todos seus detalhes, por isso a importância de os dirigentes entenderem o meio que desenvolvem sua função. Outra coisa que não se pode esquecer é que o futebol, diferente de outros segmentos comerciais em que quanto menos concorrência melhor, precisa dessa concorrência para que todos os participantes se estruturem para melhorar suas participações, é isso que faz um time ser competitivo, o que é mais importante porque ser campeão, de dezesseis, só um mesmo”, concluiu o presidente.

Compartilhar:

+ NOTÍCIAS

Jurídico

post---assembleia-ata-e-video

Assembleia: ATA e vídeo disponíveis

Institucional

POST---COLUNA-MARTORELLI-RS

Tragédia no Sul e o futebol: paralisação é a solução?

Institucional

POST---ASSEMBLEIA-MAIO-2024-2

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA – 15/05